quarta-feira, 2 de setembro de 2009

À menina dos escritos no chão.

Escrevo pra dizer que as suas palavras e desenhos inspiram meus dias. É engraçado e bonito como 'vezenquando' há algo diferente escrito no chão. Você fala de coisas simples, mas que fazem um grande bem aos que lêem. Nunca vi seu rosto, mas pelo que escreve posso imaginar sua alma. É bem da cor do mar, com a sutileza do céu! Imagino que escreva bem a tardinha. Quando o Sol está se pondo e o mundo é furta-cor. Deve ficar mais bonito visto lá de cima. Deus também deve gostar do que você escreve. É um ato de coragem falar de sentimentos hoje em dia. Pensar que você não deve ter mais de 10 anos e já tem essa coragem toda... De expressar o que sente.
Não sabe o quanto me faz bem acordar bem cedo pra estudar e no caminho ler seus escritos. Você escreve bonitezas, e as escreve com giz... Giz colorido. Sua última mensagem falava de amor, estrelas.
Sabe que eu queria ver seu rosto? Seu corajoso rosto. O rosto da menina que escreve bonitezas e não fica pensando se a chuva que cai de madrugada vai lavar o que ficou registrado no asfalto. Ela tem coragem, ela voa com os pés do chão. Pinta o mundo com o seu giz azul e rosa.
Você deve escrever essas delicadezas por você, mas escrevo para que você saiba o quanto suas singelas escritas me fazem sorrir e começar o dia bem. Devo confessar que ao ler o que escreve, olho para o lado esperando ver se a menina que traduz estrelas com giz está por perto. Nunca está. Mas as palavras estão no chão. E se por um motivo o sentimento sumir do asfalto, tenho certeza que giz é o que não falta na sua imaginação cor de rosa! Ela recomeça...

Continue com o giz na mão e com coragem para pintar e escrever o que sente.

Um beijo, cem beijos... Coloridos com giz.

Noemyr,

Brasília, 02 de agosto de 2009.

16 comentários:

  1. Mih! Que vontade de possuir essa "coragem colorida" de viver... e de se traduzir!

    Muito, muito lindo o que vc escreve!

    Beijoo!!

    ResponderExcluir
  2. -
    Ah, que gostosura

    beijos doces, lindona

    *)


    .

    ResponderExcluir
  3. Nonô, vc colore minha vida com essas cartinhas lindas que posta aqui. Ah, eu queria uma carta sua... Seria pedir muito?

    Beijosescrevamaiscartas!

    ResponderExcluir
  4. Você me fez lembrar aquela música do Renato: 'Desenho toda a calçada, acaba o giz tem tijolo de construção...eu rabisco o sol que a chuva apagou...'

    Mais dias ensolarados procê!

    besos

    .

    ResponderExcluir
  5. ô gente, obrigada!!
    =)
    Carlos, pode esperar a carta aí em Manaus!! rs
    Cris... Depois que terminei de fazer também lembrei dessa música!
    Renato Russo é ótimo, mesmo!
    Beijos, gente :**

    ResponderExcluir
  6. Deixo um comentário "para que você saiba o quanto suas singelas escritas me fazem sorrir e começar o dia bem".
    É o que sinto aqui:)
    Beijos,

    ResponderExcluir
  7. Não gosto de comentar dizendo: que lindo, vc escreve bem. Mas, este texto me deixou sem palavras pela boniteza da escrita.
    Lindo,lindo.

    ResponderExcluir
  8. E eu agradeço muito o carinho d vcs ;)
    Beeijos :**

    ResponderExcluir
  9. A que louco esse texto, parabéns show de bola....!!! muito bom!!!
    parabénss!!!! mais uma vez!!

    ResponderExcluir
  10. VIAJE NAS SUAS PALAVRAS, MUITO BOM O TEXTO, ESCREVE COM PRAZER, DÁ PARA PERCEBER...SUCESSO!!

    BJO

    ResponderExcluir
  11. Noeh... Olha, sem palavras!

    "Você fala de coisas simples, mas que fazem um grande bem aos que lêem."

    Você também... Lindo texto!

    ResponderExcluir