quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Ela e Eu.

O tempo voa junto com os pensamentos. Passos lentos, mochila nas costas, uma mão no bolso e a outra também. Sentindo o sabor de cala lágrima caída, passando pelos lábios. No rosto, um óculos escuro, cobrindo, praticamente, todo. Tudo isso, pra se sentir segura. Pra ninguém ver o futuro pelos olhos dela. Todo começo de cada sentir, a chuva caía. Uma mistura de frio e calor, seco e molhado, e assim seguia. Olhando pro céu, não se via a lua, nem estrelas. Sim, era noite e ela usava óculos. Não por falta de colírio, pois não existe o porquê esconder nada de ninguém, mas sim, pelo futuro daquele olhar. Também, por conta da tristeza que é só dela. Coisas assim, de ela pra ela. Uma saudade só dela, um sentir, um gosto, uma vontade, tudo. Não existem ponteiros nessas horas. Tira uma das mãos do bolso com um dinheiro, e solta um sorriso de canto ao comprar uma barra de chocolate. É, uma mulher menina. Eterna menina. Não tem pressa. Tudo gira. Ela vai se perdendo nos pontos de tudo. Desse texto, da vida, de tudo o que vê, do agora.
Sentada numa esteira, vê a lua andando no vento. Não havia núvens no céu. Ela tava de vermelho e preto em plena segunda-feira. Às vezes, dava cada pulo, que parecia alcançar as estrelas. Voava. Ela, ali parada, admirando cada gesto, cada segundo de cada passo e olhar. Tudo muito lindo.
Cabelos ao vento, o coração guardando as melodias da verdade e os olhos misteriosos escondidos. Ela é e sempre foi assim. Brinca de esconder algumas coisas. Ninguém sabe, mas eu já descobri muitas coisas. E algumas pessoas, estranhamente, também. Falo de um pensar de uma música, e a outra pessoa que não é ela nem eu, começa a cantar. É tão instigante isso tudo. Nós achamos. É o conversar de olhos. Nós amamos os olhares e o que eles dizem. Ela acha mais engraçado do que eu, quando o olhar contradiz o que a boca fala. O de dentro entende mais, por isso ela solta gargalhadas que às vezes, eu não entendo, mas me melhora.
A deixo só e de longe, a observo. Ela nunca me deixou só, mas prefere ficar só. Amamos velas, músicas, vinhos e pessoas de sentimentos de verdade. Ela e eu, misturamos alma e coração. É tão gostoso de se sentir...
O olhar sutil da lua, os sentimentos guardados, a chuva, os óculos em todas as horas e um sorriso de canto de boca. Agora ela e eu estamos vendo fumaças de incenso e seu bailado no vento. Já é dia, vamos dormir com a lembrança daquele sorriso da lua, da vida. Sem distância, tudo em nosso peito. Dela e meu. Nosso relicário secreto. Nos Deitamos. Ela, Eu... Ah! Sem despedidas, por favor. Estamos sempre juntas num só corpo.


- me perdoem não postar na data certa. é que preciso fazer isso agora. Beijo!

14 comentários:

  1. Texto maravilhoso!
    Acho que "estamos sempre juntas num só corpo" mesmo.
    Tipo, um outro lado da gente né?! =)

    BjO

    ResponderExcluir
  2. ENCANTADAAA!!!BELÍSSIMO TEXTO!!!AMEI SEUS TEXTOS!!!PARABÉNS!!!SEREI SUA SEGUIDORA...DESEJO Á VC.UMA SEMANA CHEIA DE AMOR!!!BEIJOS DOCES!!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adoro suas postagens! Parabéns pelo blog, sempre o leio.
    Sigo-te e gosto muito!

    http://myworldinbetweenlines.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Num "passeio" por blogs alheios, eis que encontro o teu. Fiquei encantada com a forma que escreve e me identifiquei muito com algumas coisas vindas de ti. Adorei em especial esse texto por me fazer lembrar uma grande amiga. Obrigada por me trazer lembranças tão boas através das suas.

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu blog. Vim pelo blog da Rê.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Faço coro com os acima , Amannda !


    Ótimo tudo aqui ...




    Bjo.

    ResponderExcluir
  7. Adorei tudo o que vi aqui! Lindo.
    Teu blog é um encanto.
    ...'estamos sempre juntas num corpo só...', lindo, de uma pureza sem igual.

    Estás convidada a conhecer meu blog www.enttreaspas.blogspot.com, serás bem-vinda!

    Beijos : )

    ResponderExcluir
  8. OLÁ
    ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
    ME FAÇA UMA VISITA E ME SIGA
    VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  9. Texto lindão.. tá de PARABÉNS!! amei..

    ResponderExcluir
  10. Continue festejando o seu Santo Natal.
    Vim lhe desejar Harmonia e Paz. Tens um blogue Belíssimo. Passei aqui lendo, e observando. E estou lhe convidando a visitar o meu, que por sinal é muito Simplório, e se possível seguirmos juntos por eles. Estarei muito grato esperando por vós lá.
    Abraços fraternais e que o Menino Deus, nos proteja, Sempre.

    ResponderExcluir
  11. Seguindo aqui - ta lindo o blog.. beijos

    ResponderExcluir
  12. "hoje lembrando-me dela, perdido nos olhos dela, sei que o que tinha que ser se deu. Porque era ela, porque era eu..."

    http://equeroquevocevenhacomigotododia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Que texto liiiindo...Amei *-*

    Se puder dar uma passadinha no meu... :D

    belezaecancao.blogspot.com

    Bj*
    ;)

    ResponderExcluir